Dicas para viajar com seu rato Twister/Mecol

By | 11:49:00 Leave a Comment
Quando pensamos em ter animais de estimação, é necessário analisar todos os pontos antes de tomar uma decisão. Um rato, por exemplo, precisa de atenção sempre, por isso não é aconselhável deixá-lo sozinho por muito tempo, mesmo que tenha outro rato para fazer companhia ou comida o suficiente para um mês. 
Apesar de tudo isso, às vezes viajar ou passar um tempo fora de casa é necessário, e é por isso que trago hoje essas dicas.


1) Confiança.
Antes de qualquer coisa, é necessário que seu animal confie em você o suficiente para não se apavorar durante o "passeio". Obviamente que, nas primeiras vezes, ele vai se assustar por ser algo novo. Isso é completamente normal e muito aceitável, pois estranham o ambiente. Mas, se seu animal não confiar em você, nem você será capaz de tranquilizá-lo, e isso será um problema. Caso seja necessário levá-los logo no início da convivência de vocês, volte alguns posts e siga os passos sobre relacionamentos com ratos.

2) Gaiola de transporte.
Sabemos que esses animais precisam de um alojamento grande, onde vão passar todos (ou quase) os dias da vida deles. Mas, para que possam viajar em segurança, vai ser necessário uma gaiola de transporte adequada, de preferência que não sejam pequenas demais. O ideal é uma como essa da foto (em relação ao tamanho), pois terão espaço para dormir, comer e brincar. E, acima de tudo, estarão seguros no veículo.

3) Distração. 
É importante que os pets tenham coisas o suficiente para distraí-los, pelo menos, durante a viagem. Eu, por exemplo, deixo rolos de papel higiênico, tampas de garrafa, sementes de girassol... Coisas que vão ajudar a passar o tempo sem estresse desnecessário.

4) Lembranças de casa.
Os animais são mais apegados a nossa casa que nós mesmos, por isso procuro fazer com que a gaiola de transporte se pareça com a que eles tem em casa. Por esse motivo, a rede que usam para dormir em casa, é a mesma que usam na gaiola de transporte. 

5) Alimentação.
Deve ser basicamente a mesma, apenas com algumas exceções. Sabemos que sair de casa, na maioria das vezes, vai estressar o animal. Por isso, leve um agrado, dê petiscos e frutas ou verduras que seus animais gostem. E, acima de qualquer coisa, deixe ração e água sempre fresca para que eles possam comer e beber sempre que sentirem a necessidade.

6) Liberdade e diversão.
E por último, mas não menos importante, se tiver a oportunidade onde você estiver, deixe seus animais livres, solte-os num cômodo seguro ou em cima de uma cama e brinque com eles. Eles sentem falta e isso faz muito bem.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial