Lagartas de mariposa

By | 06:00:00 Leave a Comment
Quando você era criança, com certeza já passou por aquela situação de encontrar uma lagarta e sair correndo com medo de ser queimado. Sua mãe deve ter dito inúmeras vezes para não tocar nelas, né?! "Moleque, sai de perto disso aí!" Uma coisa que muitas pessoas não sabem, é que essas lagartas tóxicas, ou seja, que liberam toxinas, são de mariposa! Existem lagartas de mariposas que não causam esses acidentes, sim, ok, mas não existe nenhuma de borboleta que os cause. Essa "queimação" que sentimos ao tocar em uma delas, se dá pelas cerdas urticantes encontradas em seu corpo, que liberam uma toxina que podem causar diversos sintomas, como febre e náuseas. Essas cerdas funcionam como proteção contra predadores, causando dor e possibilitando a fuga das lagartas. Vale lembrar que somente a fase larval pode causar danos, as pupas, ovos e o animal adulto são inofensivos, exceto no gênero Hylesia em que o animal adulto também possui cerdas capazes de liberar a toxina.
O maior dos problemas é que pessoas que não conhecem ou que não sabem diferenciá-las, acabam por matar lagartas de borboletas com medo disso acontecer!
Um dia desses encontraram duas lagartas de mariposa identificadas como pertencentes do gênero Automeris em meio a vegetação, e para não prejudicar nossos visitantes, resolvemos tirá-las de lá e criá-las dentro do borboletário, separadas das demais lagartas, é claro.
Automeris spp.
Depois de pouco mais de uma semana recebendo a alimentação necessária diariamente, elas finalmente formaram um casulo. Infelizmente, não consegui registrar esse momento, pois elas fecharam uma folha cada uma e ficaram lá dentro muito rápido (de um dia para o outro)... Queria ter fotografado o momento em que começaram a fazer. Um fato importante e que deve ser lembrado, é que as lagartas de mariposa fazem o casulo para protegê-las na fase de pupa.

Conforme o tempo for passando, vou registrar as fases delas e volto para mostrar para vocês como elas ficaram. Fiquem de olho, porque em breve farei uma atualização desse post com a fase final dessas belezinhas.

Espero que estejam gostando do meu diário de estágio, qualquer comentário, dica ou crítica construtiva é sempre muito bem vinda!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial